Labirintite

Até o século XIX, a medicina acreditava que as vertigens eram causadas por doenças neurológicas. Em 1861, um francês chamado Prosper Menière publicou um estudo atribuindo ao labirinto os sintomas de uma jovem que havia morrido no período em que estava sofrendo de tontura, vertigem, zumbido e diminuição da audição. A partir de então, percebeu-se que as doenças do labirinto são importante causa de vertigem, que significa sensação de estar se movimentando (em geral, sensação de estar rodando), bem como sintomas de zumbido e surdez.

Existem no entanto muitas doenças diferentes que podem aparecer no labirinto. Labirinto é um órgão humano (figura abaixo), também conhecido como orelha interna (são sinônimos). Uma doença rara do labirinto é a labirintite. Labirintite significa inflamação do labirinto. A causa mais comum de inflamação é uma infecção. Se houver uma infecção no labirinto, o paciente terá fortes sintomas de vertigem, zumbido e surdez. Isso, no entanto, é algo muito raro. Dificilmente o labirinto sofre de infecções. Além disso, se houver uma infecção no labirinto, as consequências são catastróficas para este órgão. Em geral uma infecção no labirinto gera a sua destruição. As doenças mais comuns do labirinto são VPPB, Menière, neurite vestibular, fístula labiríntica, entre outras. Labirintite não está nem entre as dez causas mais comuns de vertigem. Muitas vezes, portanto, o termo labirintite é usado como sinônimo de doenças do labirinto, o que não é correto. Um sinônimo para doenças do labirinto é labirintopatias.

- tontura, vertigem, zumbido, sensação de ouvido tampado - é muito importante buscar auxílio médico. Por serem sintomas muito comuns, muitos médicos generalistas, clínicos gerais ou médicos de família podem identificar o que está acontecendo de errado. Muitas vezes, porém, pode ser necessário o acompanhamento de um especialista. O médico especialista das doenças do labirinto é o médico otorrinolaringologista, em especial os otoneurologistas.

Algumas informações importantes: uma primeira crise de tontura/vertigem pode indicar uma doença grave, como a labirintite verdadeira e doenças neurológicas, como um AVC. É recomendado SEMPRE buscar um pronto-socorro em caso de uma primeira crise de sintomas labirínticos. Nos casos mais antigos, deve-se recorrer ao médico de confiança.

Mais uma vez: não se contente com o termo labirintite. Diante deste diagnóstico, é fundamental buscar um médico capaz de fazer o correto diagnóstico. Muitos pacientes que chegam em consulta com a frase tenho labirintite, doutor, na verdade, a maioria deste pacientes, possuem outro diagnóstico. Pacientes com VPPB, doença de Menière, migrânea vestibular, neurite vestibular, otoxicidade, doenças neurológicas, entre outras, passam, muitas vezes, anos achando que possuem essa tal labirintite e, pior, muitas vezes tomam medicamentos para isso, o que pode até piorar o quadro.

​SIGA-ME

  • doctoralia
  • Facebook Classic

© 2015-2017 por MÁRCIO SALMITO criado com Wix.com

Dr Márcio Salmito

Médico Otorrino

Otoneurologia